Ilustração Naturalista – Tutoria on-line permanente

 

Descrição

Como funciona

As tutorias ocorrem em sala virtual com acompanhamento ao vivo. Os participantes desenvolvem seus projetos de ilustração em técnicas diversas como grafite, nanquim, guache e aquarela. O acompanhamento do tutor é feito através de áudio, vídeo e fotografias trocadas via internet.

Para iniciantes é recomendável fazer o curso preparatório de 8 aulas presencias. TUTORIA PARA INICIANTES e depois ingressar na tutoria on-line.

Turmas:

quintas, sextas ou sábados das 14h às 17h 

Mantemos poucos alunos por sala virtual.

Valores:

O valor da mensalidade é de R$250, ou R$210 para estudantes*. Aulas avulsas R$90 (sob consulta de vaga disponível). Valores válido de março de 2020 à fevereiro de 2021.

*matriculados em curso regular de no mínimo 20 horas semanais.

Histórico:

A tutoria on-line é a evolução do curso de Ilustração Naturalista que teve início em 2004, nas Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura, em Florianópolis, SC, com o apoio da Fundação Catarinense de Cultura.

Em 2007, devido às reformar no CIC, a oficina passou a ser oferecida no ateliê “A CASA – Oficinas de Arte”.

Atualmente funciona no ateliê “NACASA – Coletivo Artístico” , na rua José Francisco Dias Areias, 359 – Trindade. Florianópolis, SC.


Conteúdo

Trabalhamos com poucos alunos por turma proporcionado um atendimento bem individualizado.  As primeiras noções de escala tonal e proporções do desenho de observação, são ministradas na turma de iniciantes 

Grafite

A primeira etapa do curso é obrigatoriamente o lápis de grafite, na técnica das camadas de grafite. Esta técnica consiste obtenção dos tons de cinza através da sobreposição de camadas de grafite de diferentes durezas. Usando lápis duros (2H, H, HB) nas primeiras camadas mais claras, seguido de uma sobreposição com lápis mais macios (2B, 4B, 6B, 9B) nas áreas mais escuras.

Após esta primeira etapa de aprendizado de grafite, o aluno escolhe entre diversas técnicas como nanquim (pontilhismo), aquarela, guache e lápis de cor.

Nanquim

Na técnica com nanquim, enfatizamos o pontilhismo, onde o aluno trabalha com uma caneta de nanquim fazendo os contornos do desenho e usando pequenos pontos para representar luz, sombra e texturas.

Lápis de Cor

O lápis de cor não é tão usado na Ilustração Científica/Naturalista como a aquarela, por exemplo. As cores são adquiridas através da sobreposição de camadas de cores diversas.

Aquarela

A aquarela é trabalhada em camadas, assim como o grafite. Por este motivo grafite em camadas é pré-requisito para a aquarela. As áreas iluminadas da ilustração são o resultado de poucas camadas sobrepostas. As áreas mais escuras são o resultado da sobreposição de múltiplas camadas, cada vez mais espessas. Não usamos tinta branca para representar a luz. Esta é representada pelo branco do papel preservado durante o processo.

https://youtu.be/OT0d7Dp_3fU

Guache

Esta é uma técnica subutilizada pelos Ilustradores Científicos. Apresenta um grande potencial principalmente na representação de animais em cores. A tinta opaca da guache é utilizada de maneira muito diferente da aquarela. Usamos a tinta branca para representar os tons claros, a luz. Enquanto na aquarela usamos a transparência da tinta.

Aguada de nanquim

A aguada de nanquim requer muito pouco recursos. Papel de aquarela, pincéis, godê e tinta nanquim. É um excelente precursor da aquarela, pois funciona de forma semelhante, com tinta diluída em água, com um desafio a menos, pois não há cores envolvidas.

 


Galeria dos alunos

Em construção.


Pré-inscrição

Se você tiver interesse nesta tutoria ou quiser tirar alguma dúvida, entre em contato pelo formulário abaixo:

Antes de enviar, preencha a verificação abaixo:


compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone